DTM

Disfunções Temporomandibulares (DTM) é um termo coletivo que agrupa os diversos distúrbios que acometem as ATM e/ou os músculos da mastigação e estruturas associadas. Os sintomas mais comuns são dor facial que agrava na função mandibular; limitação de movimentos bucais e ruídos articulares (estalidos ou crepitação). Existem, portanto, diferentes tipos de DTM. A consulta clínica com o Especialista em DTM e Dor Orofacial é fundamental para estabelecer o diagnóstico específico e permitir um adequado plano de tratamento.

As DTM têm origem multifatorial, ou seja, diferentes fatores podem contribuir para o paciente desenvolver a doença. Dentre eles, se destacam: trauma de face, bruxismo do sono e vigília, aspectos comportamentais e psicoemocionais, frouxidão ligamentar, fatores genéticos e a presença de outras doenças dolorosas comórbidas.

Sendo assim, a estratégia de tratamento é personalizada para cada caso. Na consulta com Especialista em DTM e DOF, identificamos esses fatores de risco individuais e podemos lançar mão de diversas ferramentas terapêuticas de acordo com o diagnóstico.

O tratamento para DTM deve ser escalonado, respeitando-se degraus terapêuticos de complexidade, partindo de terapias mais simples e conservadoras até abordagens mais complexas (se necessário). Abordagens conservadoras como exercícios mandibulares, placas oclusais, farmacoterapia, acupuntura ou laserterapia trazem resultados para grande maioria dos pacientes com DTM. Alguns casos podem exigir a inclusão de tratamentos minimamente invasivos como: infiltrações musculares e/ou articulares. Os procedimentos cirúrgicos das ATM podem ser necessários em tipos específicos de DTM, ou em casos refratários (pacientes que não evoluíram bem com terapias conservadoras).

Tratamentos

Placa Oclusal:

A Placa Oclusal é um aparelho de acrílico, rígido e liso que se encaixa nos dentes e deve ser utilizado essencialmente para dormir. É o tratamento mais empregado no mundo para o manejo das DTM, com ótimos resultados quando bem indicado (nem todas as DTM são tratadas com placa), executado e acompanhado.

Para que a placa promova a melhora esperada, ela requer ajustes até que esteja equilibrada e confortável. Placas muito apertadas, flexíveis ou rugosas não são indicadas e podem inclusive piorar o quadro doloroso, atrapalhar o sono ou danificar os dentes. Da mesma forma, placas quebradas ou furadas, muito desgastadas ou sem ajustes também trazem prejuízos e devem ser avaliadas.

As placas oclusais são importantes para controlar a sobrecarga no sistema mastigatório, assim como as muletas são importantes nas reabilitações de joelho. Como as muletas, as placas não curam os problemas articulares, mas diminuem a carga e favorecem a cicatrização.

Laserterapia

 A Laserterapia consiste no emprego da luz para modular a atividade das células, favorecendo o reparo e a regeneração.

Nas DTM utiliza-se principalmente a Laserterapia de baixa potência com luz infravermelha. Esse tipo de luz é capaz de atingir os tecidos mais profundos (como a articulação, os músculos da mastigação e tecidos nervosos) promovendo melhora dos tecidos. Essa terapia apresenta resultados superiores quando associada a outras modalidades de tratamento.

Estudos com Lasers vêm trazendo resultados promissores em pacientes com Neuropatias Faciais (Neuralgia do Trigêmio, Síndrome da Ardência Bucal, Dores Idiopáticas e Pós-traumáticas) e Artralgias (dores articulares).

Toxina Botulínica

Como o nome já diz é uma toxina produzida por uma bactéria que tem a capacidade de inibir a atividade muscular.

Tem grande apelo de marketing na área estética para prevenir e tratar rugas. No campo das dores faciais apresentam algumas indicações: como dores de cabeça especificas (como a enxaqueca crônica) e dores neuropáticas.

Entretanto, a sua indicação dentro das DTM ainda está em discussão. Pouco são os estudos de qualidade na área. Sendo assim, até o momento sua indicação é restrita a pacientes refratários a outros tratamentos mais conhecidos e conservadores ou ainda quando pode ser necessário reduzir temporariamente a força dos músculos mastigatórios.

Acupuntura

A acupuntura é uma técnica terapêutica da medicina tradicional chinesa que busca o controle e a cura das doenças através da aplicação de agulhas em pontos definidos. Na visão atual da Medicina Ocidental o mecanismo de ação está diretamente ligado à neurofisiologia, com liberação de substâncias supressoras da dor.
A acupuntura é pode ser uma importante ferramenta complementar para o especialista em DTM/DOF e ser vista como aliada para o tratamento de pacientes resistentes a terapias convencionais com excelentes resultados.